Seja para repaginar o ambiente, reparar estruturas ou mesmo para valorizar ainda mais um imóvel, a hora da reforma sempre exige certa paciência e dedicação antes e durante seu processo.

Afinal, não se trata apenas de alguns dias de rotina alterada: é necessário contratar profissional, isolar as áreas em reparo ou construção e, principalmente, desembolsar algum dinheiro para todas as etapas da obra.

Reunimos para você algumas dicas importantes para atingir os resultados esperados sem gastar mais do que o necessário. Acompanhe!

Planejar é preciso

O planejamento da reforma é fundamental e deve ser meticulosamente elaborado. Ele deve considerar o projeto arquitetônico, quantidade de materiais, mão de obra, prazos e possíveis imprevistos. Apesar do “faça você mesmo” ser uma tentação para poupar dinheiro, não dispense o auxílio de um profissional para planejar a reforma, por menos e mais simples que ela pareça ser.

Procure novas técnicas e tecnologias

Existem meios e procedimentos além dos tradicionais que podem ser uma opção mais viável e sustentável, como, por exemplo, o drywall. Helena Rodriges, da GypCenter, varejista da construção que conta com mais de 25 anos de experiência e autoridade na aplicação da técnica, conta que o material está mudando o futuro das construções. “As obras estão cada vez mais exigentes quanto à qualidade, redução do consumo de água, facilidade para manutenção e redução de pessoal. Atualmente, ninguém mais pensa em realizar uma obra em um hotel, hospital ou shopping sem a aplicação do drywall, e sua evolução no segmento residencial é uma evolução natural que já está acontecendo”, conta Helena.

De acordo com a profissional, a obra fica muito mais prática, rápida e limpa em comparação com a alvenaria: “o drywall reduz a necessidade de funcionários de 4 para 1, diminui a geração de resíduos em 30% e tem uma velocidade de aplicação três vezes mais rápida”, afirma Helena.

Não economize no que é fundamental

O barato pode sair caro, principalmente quando o assunto é reforma e construção. Por isso, pondere o investimento necessário em profissionais qualificados e na qualidade dos materiais utilizados. Procure certificações de qualidade e não caia na tentação de economizar em componentes estruturais para a obra.

Atenção ao prazo: expectativa x realidade

Nem sempre o prazo estipulado será o prazo real da reforma, e isso acontece até mesmo com grandes empreendimentos. Calcule uma folga segura para a finalização do projeto, pois imprevistos como atraso na entrega de materiais, falta de funcionários e até condições climáticas são reais e vão impactar na entrega da reforma.

Descarte certo

Existem leis ambientais que devem ser respeitadas para o descarte de resíduos gerados em obras e reformas. Seu descumprimento gera multas e gastos. Por isso, pesquise a melhor forma de descarte antes mesmo de iniciar as obras. Procure profissionais especializados e negocie os melhores preços.

Reforma sem prejuízos : 5 dicas para não perder dinheiro na sua obra
5 (100%) 9 votes